Google
 

sábado, 12 de janeiro de 2008

[Notícia] Americanos vão boicotar Homem-Aranha.

É.


Depois de tudo que aconteceu em One More Day, os fãs do aracnídeo e algumas lojas entraram num consenso para organizar um grande boicote a revista do ex-amigão da vizinhança depois que Joe "M" Quesada, o Mister M dos quadrinhos fez desaparecer quase vinte anos da cronologia do Homem-Aranha e fazer com que um dos acontecimentos mais marcantes de Civil War se tornasse uma piada.

O boicote não vai ser simplesmente "parar de comprar e fazer piquete" os fãs planejam atingir fundo o grande mote da história - o término do casamento de Peter e MJ. - passando a comprar a revista da filha do Homem-Aranha, SpiderGirl.

Spidergirl, para quem nunca teve contato, é uma história que se passa num universo alternativo dos futuros alternativos da Marvel onde o Peter Parker se aposenta e sua filha May Parker (aquela que desapareceu alguns anos atrás, para quem acompanha gibis... e para quem não sabe: sim, Peter é pai) assume o manto da Aranha e seu legado.

Tal situação já chegou ao ponto da Marvel começar a temer pelo futuro (aparentemente) de seu editor e outros estarem surgindo para compartilhar da culpa pela cagadabesteira. Tal temor se justifica quando pipocam pela internet opiniões de repúdio ao que aconteceu, dado que o amigão da vizinhança é um personagem querido e a série de coisas estranhas que vem acontecendo nos últimos meses só aumentou a frustração que existe em todos. E a ironia disso é que o público brasileiro, sejam em comunidades de Orkut ou mesmo portais do meio, já reclama há muito tempo de uma falta de compromisso da Marvel em zelar por seu ícone.

Agora, um resumão beeeeeeem simplificado do que acontece em One More Day, ao menos da trama principal:

Peter Parker revelou sua identidade ao público em Civil War, e em detrimento dessa identificação sua família acaba sendo alvo possível de atentados até que finalmente sua tia May McCloud (a imortal) toma um tiro. A velha parece que vai realmente bater as botas Peter Parker começa sua caminhada em busca da cura para o tiro de sua tia. Procura e recebe negativas as mais inusitadas possíveis como a do Doutor Estranho, o mago MAIS PODEROSO da editora dizendo que não pode curá-la - Ele pode surrar o Hulk, rasgar dimensões como se fosse papel, surrar o Thanos, fazer magia que afete a todos, controlar a loucura da Wanda, tudo isso ao mesmo tempo... Mas não pode curar um simples ferimento a bala. - e finalmente decide apelar para alguém inusitado, um tal de Mefisto.

O demôonio-mor da Marvel propõe a Peter que em troca da cura de sua tia, quer seu amor por MJ e tudo que estiver relacionado. Peter e Mj discutem, e sem consultar a parte interessada, decidem que querem o fim de seu relacionamento. No final trocam um último beijo e pronto! Toda a cronologia do Aranha é destruída! Anos de histórias interessantes, e outras nem tanto, simplesmente não aconteceram! Sabe tudo que você sabia do Homem-Aranha desde que MJ soube que ele era o Aranha? Não aconteceu! Pegadinha do Quesada!

Foi, sem sombra de dúvidas um dos maiores e piores desrespeitos que público sofreu até hoje. Não foi algo como as Crises Infinitas da DC, onde determinadas coisas dos passados dos heróis são adaptadas ao presente (para tornar as coisas mais atuais) mas a essência muda. Não. Mudaram simplesmente a essência de todo o personagem sob a justificativa que o Quesada preferia o Peter solteiro. Se ele queria uma "volta ao passado", porque não o matou simplesmente e deixou apenas a versão Ultimate existindo?

Fica a questão e a revolta de mais uma pessoa que se decepciona dia a dia com o que fazem a esse personagem... Mas um profundo alívio por ter parado de comprar gibis do Homem-Aranha desde a Saga do Clone...

Penso em fazer uma petição/campanha para tornar Peter Parker personagem bíblico, dada a quantidade de penitências que paga só por tentar ajudar a vizinhança. =/

Fontes:
Omelete: Aqui e Aqui.
F.A.R.R.A.

8 comentários:

r a f a disse...

Essa falta de compromisso deles realmente chega a irritar. Acaba pegando uma antipatia a persongem.

Texto bom. Critico. Ironico.

César Fernández disse...

que putaria o_o

mó sacanagem...

Daniel Leite disse...

Peter Parker e Mary Jane formam um casal que me agrada. A produção conseguiu me convencer satisfatoriamente. Quanto à ironia do Dragus, extremamente hilária!

Arthurius Maximus disse...

Não acompanho gibis da Marvel justamente por isso: Volta e meia eles fazem uma cagalhofança geral e criam umas situações sem pé nem cabeça tentando alavancar a venda de revistas. Mas, pelo jeito, dessa vez o tiro foi no pé.

young vapire luke lestat news disse...

Conte comigo para a petição-campanha pedindo a conisação de Peter Parker...


[]s L.Sakssida

José Vitor Rack disse...

parabéns pelo blog, organizado e bem feito.

Carla Moraes disse...

Gostei do post.
Bom blog.

=*

Blog Master disse...

Pois é Dragus... Vim retribuir o seu comentário no meu blog afiliando-se.blogspot.com e aproveitei para ler esse post. Cara, show de bola! Parabéns pelo blog! E obrigado pela força lá, com sua opnião experiente. Grande abraço!

BlogBlogs.Com.Br